segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Resenha do livro "O monge e o executivo" de James C. Hunter

Este blog não é mais atualizado. Veja o novo blog em: www.agileway.com.br

Este foi um dos primeiros livros sobre liderança que eu li. Ganhei ele quando me formei, em dezembro de 2006. Até então, a maioria dos livros sobre gerenciamento de projetos que eu tinha eram mais técnicos, apenas para consulta.

Após ler "O monge e o executivo", comecei a pegar gosto por ler este tipo de livro. Ele conta uma história de um executivo de uma empresa que, no limite do stress, é inscrito pela mulher em um programa para reflexão em um monastério. Lá, o monge que recebe o executivo (e os outros personagens) é um ex-presidente de uma multinacional, mega bem-sucedido mas que decide largar tudo para viver como monge.

O livro traz alguns conceitos muito bacanas sobre como de fato liderar. O fato de ser uma estória, contribui para o aprendizado. Os personagens secundários, que participam do "seminário", representam vários setores de mercado ou onde a liderança é aplicada. Existe uma professora, um militar, um pastor evangélico, uma treinadora de esportes... Eles são responsáveis pelas discussões acerca dos preceitos que o monge Simeão (o monge do título) apresenta.

O conceito principal é a "liderança servidora", ou seja, o lider deve garantir que seus subordinados estejam sempre bem servidos para que o resultado final seja excelente para todos: chefe, empregado e empresa. Obviamente os debates acalorados entre o monge e o militar (em uma passagem ele afirma: "Devo pedir 'por favor, tropa, atravessem o campo minado?') são excelentes e servem como contrapontos entre a teoria.

Eu considero a idéia do livro muito boa para ser aplicado a quem tem subordinados. Não é novidade que melhorar o clima organizacional motiva e melhora a produtividade. Porém, a forma como isso tudo é abordado no livro é de fato muito interessante e proveitosa. Mesmo quem não gosta de ler, vai gostar do livro. Eu garanto! Talvez seja por isso que está sempre entre os mais vendidos... possuindo até uma versão em áudio.

BOM PARA: quem procura alguma idéia para motivar e melhorar o clima organizacional da sua empresa, não importando o tamanho. É ótimo para ler por ser simples e direto.

RUIM PARA: quem não gosta de ler sober liderança.

RECOMENDADO PARA: Gerentes e executivos, juniores ou seniors. Ou então para quem tem subordinados. Aliás, é recomendado para todos que trabalham em alguma empresa!

AVALIAÇÃO FINAL: 5/5.

Confira esta resenha no meu novo blog:

Um comentário:

macro disse...

eu sou um estudante e gostei muito do livro por isso eu recomendo este livro para todas as pessoas que querem melhor o seus habitos de pensar xaum meu nome e marcos tenho 20 anos e vou cursar adiministraçao