quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Trabalhar em casa... você consegue?

Hoje acabei ficando em casa. As bolhas no meu pé me deixaram sem poder caminhar direito... então ficaria muito comprometido no trabalho. Decidi que trabalharia em casa. Me planejei pela manhã para estudar sobre a reunião de planejamento que teremos na sexta.

Já que este é um blog que visa apresentar algumas lições aprendidas, posso dizer que aprendi definitivamente outra lição: eu não nasci para trabalhar em casa. A minha grande limitação é como se concentrar no trabalho estando em um ambiente onde definitivamente NADA lembra trabalho?

O máximo que eu consegui, sobre trabalho, foi mandar alguns emails para as listas para discutir sobre a reunião e buscar alguns livros em PDF para referência.

Tentei então aproveitar para ler as revistas que chegaram: Você S/A e Info Corporate. O máximo que consegui foi folheá-las, sem compromisso. Ou eu estava jogando no computador, ou estava navegando a esmo, ou descia para brincar com minha labradora, ou então estava comendo. Trabalho? Nada.

Além de não produzir nada de útil, acabo percebendo que o meu ânimo também desmorona. Eu fico sem vontade para fazer nada... só quis sentar na poltrona e ficar pensando em qualquer outra coisa, menos trabalho. E o engraçado é que neste exato momento em que escrevo isso, estou renovado. É como se tivesse chegado em casa após o trabalho! Ou seja, inconscientemente estou pensando que realmente trabalhei.

Definitivamente eu não consigo trabalhar em casa. Isso requer uma organização e um esforço aos quais eu realmente não estou preparado, no momento. É preciso muita, mas MUITA disciplina.

E você, leitor? Consegue trabalhar em casa? Ou é como eu?

Abração!

3 comentários:

Anônimo disse...

Olha flávio, depois de 10 anos na área de tecnologia, ora como programador, agora como GP, eu nunca consegui separar um tempo em casa pra fazer nada correspondente ao trabalho.

Sou como vc, não consigo trabalhar em casa tmb. Mas vejo isso com bons olhos, uma vez que devemos mesmo separar os ambientes e ter nossa casa como um local de tranquilidade.

Bom é isso.
Forte abraço e parabéns, seu blog é muito legal.
Abraço.
Neuber Ramos.

ViniciusAC disse...

Também tenho muita dificuldade. E os "sintomas" são exatamente iguais aos seus. Muitas vezes, até acabo conseguindo, mas demoro a me focar e quase sempre preciso de um cafezão pra espantar o desânimo.
Bom saber que não sou o único :)
Abraços,
Vinicius AC.
devagil.wordpress.com

Fuchs disse...

Flavio
Também tenho certa dificuldade de trabalhar em casa. O negócio só sai do lugar na madrugada (tenho hábitos noturnos) quando nao tem ninguem nos messengers, nao tem ninguem acordado em casa, nao tem nada de "vível" na TV e também já acabou o sorvete e o salame da geladeira. Até o cachorro nao tem mais animo para brincar comigo, entao consigo parar na frente do computador. Nesse momento, o rendimento é extraordinario.
Na minha época de programador encarnado, cheguei a fazer uma parte de um sistema que o normal seria feito em 3 dias de trabalho em 4 ou 5 horas na madrugada.

Pena que estes momentos sao raros.

Abracos e parabens pelo blog, tenho lido muito ele.