quinta-feira, 6 de março de 2008

Agilidade em P&D

Este blog não é mais atualizado. Veja o novo blog em: www.agileway.com.br



Ontem foi um dia de planejamento. Meus chefes me deram a incumbência de pensar em tamanhos de equipe para SW e HW para o nosso projeto de 3 anos que inicia em maio. Trata-se de um projeto de P&D com RFID.

A minha idéia é não utilizar os 3 anos para realizar todo o projeto. Espero finalizar o sistema (HW+SW) em no máximo (deadline mesmo!) 1 ano e meio. E o resto do tempo a gente utilizaria para se dedicar a todas as outras variáveis e estratégias que temos pela frente.

Isso vai muito da lição que eu aprendi no projeto atual em que me encontro. O projeto poderia ter sido facilmente concluido em 5-6 meses, mas acabamos utilizando todo o tempo previsto (1 ano e meio) e o resultado é que agora, faltando um mês, ainda não temos ele pronto. Vocês sabem da teoria dos gases, né? Quanto mais espaço tiver, os gases irão preenchê-lo.

Porém, estou com algumas dúvidas sobre a utilização do SCRUM neste projeto. Por ser um projeto com muito P&D envolvido, apesar de possuir um sistema bem tangível, estou encucado se não há problema em utilizar artefatos de P&D (como pesquisas, artigos científicos, etc) como stories. A grosso modo eu sei que não há problema nenhum, porém em recentes discussões que tenho acompanhado sobre o SCRUM, noto que se fala muito em "funcionalidades", "sistemas prontos" e "produto". E isso acaba confundindo um pouco quando trago o SCRUM para minha realidade.

Afinal, sabemos que é muito mais simples desenvolver um programa, do que pesquisar, pesquisar e ainda escrever algum documento (lembrem que estamos falando de um universo de pessoas técnicas!).

Bom, eu pretendo aplicar sem medo. Irei considerar como stories estes tipos de artefatos e também outros objetivos que temos em mente (como a criação de um centro de excelência na universidade). De fato, até lá, eu já terei o SCRUM não apenas na teoria, mas também bastante na prática.

Um abraço

2 comentários:

Abrindo Portas disse...

Muito show esse qdro...

gostei de ler seu post e aprendi duas coisa novas rs P&D e RFID...

qto a aplicar scrum isso pode ser um desafio.

em essencia acho que a definição de papeis de quem faz o que no universo do scrum tem que ser bem trabalhado, os materiais de P&D podem e devem ser usado, mas pelo PO(Product Owner) e ele quem diz o que tem prioridade em ser realizado e explicar como deve ser realizado para sua equipe...

na minha opinião por ser um P&D o scrum cai como uma luva, ex. é q para cada iteração que "sistemas prontos" que vc entregar vc verá como vc está mais perto da solução final e de aprimoramentos.

abr e sucesso.
everton.amaral@gmail.com

Fabiano Guazzelli da Silva disse...

Eu acho que os fundamentos do Scrum podem agregar muito pois pesquisa tem lá sua metodologia, mas estamos falando de pessoas trocando informação. Stories não são os melhores deliverables para documentar uma pesquisa mas são ótimos para descrever o resultado delas na minha opinião.