quarta-feira, 14 de maio de 2008

Palestra de SCRUM para turma de gerenciamento de projetos - II

Hoje, terça-feira, dei a palestra para o pessoal.

Confesso que estava um pouco ansioso no começo, afinal, será que conseguirei apresentar algo que muitos não conhecem, da forma correta? Eu costumo perceber que algumas vezes atropelo enquanto falo. Então tenho que me cuidar nas palestras para não atropelar.

Passei o dia preparando a apresentação, quando sobrava um tempo no trabalho. Eu queria ter tido a oportunidade de falar de diversas coisas, além do SCRUM, como comunicação, organizações, etc. Havia preparado uma apresentação com 60 slides, um número bem alto, mas que continham na maioria imagens para ilustrar.

Então, faltando 1 hora para a apresentação, resolvi ensaiar. Passada 1h20 do ensaio, eu percebi que ainda faltava coisa para acabar! Bateu o desespero!! Precisava reduzir drasticamente o número de slides e assuntos abordados. Fiz isso. Porém, isso me deixou um pouco inseguro, mas eu estaria alterando o meu plano... teria que improvisar um pouco. Mas nada que me preocupasse demais, pois é um assunto que eu me sinto à vontade para falar e expôr.

Testei o Powerpoint pelo menos umas dez vezes para ver se tudo funcionava (ainda mais os multimidias). Tudo ok. Pelo ensaio eu percebi que precisaria de bastante água, pois falar mais de uma hora é algo que deixa a garganta seca! hehe

Me encontrei com o professor substituto que me acompanharia na aula e fomos para a sala. Conversamos um pouco eu, ele e um mestrando dele, que também tinha interesse em metodologias ágeis e iria acompanhar a palestra. Foi uma conversa bacana, pois pudemos ver como todos nós praticamos um pouco dos conceitos de agile, mesmo sem perceber que é agile.

O professor comentou, num momento, que havia solicitado para um subordinado que ele realizasse por um período a seguinte agenda: chegar no trabalho, checar emails ou fazer algumas de suas coisas, e passar o resto do dia se comunicando com o pessoal. O subordinado reclamou: "O que? Mas eu vou acabar ficando sem fazer nada!!". No terceiro dia, ele já reclamava: "Poxa, eu não tenho tempo para fazer quase nada! Não sabia que haviam tantos problemas a serem resolvidos". Mais uma prova de que a COMUNICAÇÃO e as RELAÇÕES HUMANAS são os dois fatores mais importantes em um projeto.

Quando entrei na aula, de aproximadamente 40 alunos, haviam uns 5. Fiquei meio preocupado... "Será que o fato de não ser uma aula, ainda com um professor substituto e um palestrante de fora, o pessoal não vai matar a aula? Ainda mais iniciando às 21h?". Eram 21h já... e ao que parecia, seria mais um workshop do que uma palestra.

Por volta das 21h15 o pessoal começou a chegar e a sala encheu. Acho que deveriam ter umas 40 pessoas, mesmo. Mas o tempo ficou mais curto (ainda bem que reduzi a palestra a tempo!). Não perdi tempo e iniciei.

Usei basicamente o mesmo modelo daquela palestra que postei anteriormente (na dinâmica de SCRUM cujo link está ali do lado). Mas acrescentei algumas coisas interessantes para dar mais agilidade à palestra... sendo de noite, precisava colocar mais pontos de interação com o pessoal.

O link para baixar a apresentação é aqui.

Logo no início já fizemos aquele levantamento dos problemas que ocorrem nas empresas de TI. Todos os citados se encaixavam na tríade de causas "PESSOAS" "CLIENTES/STAKEHOLDERS" "PROCESSOS".

Em seguida, apresentei para eles um clipe que eu retirei do episódio 12 da 6a temporada do Aprendiz com Donald Trump. O vídeo mostrava 3 duplas que deveriam fazer uma campanha de marketing e vendas de um empreendimento do Trump. E o resultado foi que uma equipe encantou ele, outra fez uma coisa meia-boca, mas que pecaram fatalmente num item (telefone de contato errado no folder!!) e a outra dupla foi um desastre total.

O vídeo pode ser baixado aqui.

Analisamos então o que aconteceu com cada uma das equipes. E por fim, concluimos que a equipe vencedora havia trabalhado em equipe, se comunicado corretamente, estavam motivados e confiantes... e que, sem querer, eles usaram praticamente o conceito do AGILE!

Aí começa a palestra com toda a explicação sobre Agile e SCRUM. Todo o ciclo de vida... e é a parte mais "tensa" da palestra, pois ai sim vira um monólogo. Mesmo eu tentando interagir um pouco com o pessoal, eu noto que é difícil mantê-los atentos e interessados até o fim. Mas consegui levar bem, acredito eu.

Quando chegamos nas estimativas, em Planning Poker, eu fiz uma dinâmica que eu considerei bem divertida: escolhi 3 voluntários ("escolher voluntários" faz parte da brincadeira hehe) e dei para cada um jogo de cartas (metade de folhas A4) com alguns pontos em Fibonacci. 3-5-8-13-21.

A dinâmica consistia em: eu falaria o nome de um país, e eles deveriam estimar o tamanho do país em extensão territorial, sendo 3 para países pequenos e 21 para países grandes. Escolhi países que eu achei que eles não fossem saber ao certo.

Dividi em 2 países em 2 rodadas. A grande sacada aqui era a seguinte: na primeira rodada, eu iria INFLUENCIAR o resultado. Então os países eram Tunísia e Mongólia. Eu tentei induzí-los ao erro falando: "Estimem então a Tunísia, um dos maiores países da África". Eles começaram a rir, mas o resultado saiu que cada um colocou uma coisa diferente. Dai discutimos porque do maior e o menor valor e fizemos outra rodada. Para a Mongólia, eu induzi eles falando: "A Mongólia que é um pequeno país na Ásia oriental". Mas um aluno lá no fundo da aula já falou "Mas a Mongólia é um país grande!!". hehehe Tive que tentar manter o foco, fingindo que era um país pequeno.

Na segunda rodada, eu apenas falava o nome dos países. Marrocos e Chile. Para minha surpresa, aqui houve quase consenso nos dois casos. Talvez porque eu tenha usado países que são teoricamente conhecidos (da próxima vez vou pegar uns mais malucos!).

Aplaudimos os voluntários e perguntei a eles se eles notaram o motivo de eu ter feito duas rodadas. Após algumas respostas, um matou a charada: "Tu induziu eles à responderem!".

Expliquei então das vantagens do Planning Poker: tornar o ambiente de estimativa algo divertido, como foi a dinâmica. Facilitar a discussão das estimativas e evitar que ocorra influência de uma pessoa, já que todos estimam ao mesmo tempo.

Continuei então a palestra, aqui notei que o pessoal já estava mais ativo novamente. Chegamos então para explicar a Sprint Review. Falei de como deveria ser, alguns conceitos interessantes para serem aplicados... e quando mencionei que o Sprint Review evita os 99%, apresentei outro vídeo divertido que era uma propaganda da EDS. Mostra um avião sendo construido no ar.

O vídeo pode ser baixado aqui.

Continuando, finalizei a palestra e entrei nas conclusões. Aqui o pessoal já estava se mexendo na cadeira para sair... normal, já eram 22h30 e mesmo que o assunto seja o mais interessante possível, todos já estão cansados.

Aproveitei o último slide para mostrar uma "receita para aplicar SCRUM" na sua empresa. A idéia era me contradizer, pois no início da palestra eu havia dito que não havia fórmula mágica para nada, nem receita de bolo.

Mas a minha receita para quem quer começar a introduzir o conceito do Agile/SCRUM na sua empresa é:

1) Introduza as daily meetings

2) Crie um product backlog do seu projeto

3) Crie o conceito de "time box"

4) Crie uma taskboard

5) Faça uma retrospectiva

Eu tenho a convicção, pela experiência que eu tenho, que se você colocar esses conceitos em prática na sua empresa, você começará a ver resultados em pouco tempo. Você pode não estar aplicando o SCRUM propriamente dito, mas estará maximizando a comunicação e, principalmente, introduzindo um processo simples e prático de gerenciamento.

Finalizei a palestra falando da dinâmica que faremos na 3a-feira que vem, que eu acredito que será muito divertida. Aprenderemos muitos conceitos de SCRUM na prática, com uma brincadeira. Será uma aula bem diferente, que todos poderão tirar suas lições aprendidas e relaxar.

Ao final da palestra, alguns alunos vieram conversar comigo para tirar dúvidas e bater papo sobre SCRUM. É nesse momento que a gente tem um feedback do pessoal. Pelas pessoas que conversaram comigo, percebi que todos entenderam o conceito do agile. E mais do que isso, viram como é simples e benéfico aplicá-los. Isso é muito bom, eu espero mesmo que todos os alunos na sala apliquem pelo menos um dos itens que eu citei acima, e comece a perceber como uma simples mudança de processo/atitude, resulta em grandes resultados.

Dois alunos me falaram uma coisa que eu achei que valeu pela palestra. Comentaram que não costumavam ficar até o final da aula, durante o semestre. Mas hoje não só ficaram até o fim, como foram os que sairam comigo conversando e papeando sobre as metodologias ágeis. Esse é um dos melhores elogios que um palestrante pode ter. :)

Fazendo um balanço da experiência, posso dizer que foi muito bacana. Apesar do horário extenso e de alguns momentos de monólogo, consegui segurar a atenção do pessoal por muito tempo. As dinâmicas foram legais e os vídeos deram um ar bem informal e prático à palestra.

Talvez eu deva reduzir um pouco mais a apresentação, de forma a não tornar muito cansativo e extenso. Mas a experiência foi feita e o resultado acredito que tenha sido bom.

Agora notei como vida de professor é difícil. Falar durante 1h30 é cansativo! Sem contar toda a preparação para a apresentação...

Se você é um dos alunos da palestra, por favor, poste aqui seu feedback. Pode ter certeza que isso será de grande valor para mim. Afinal de contas, como eu disse, VALOR é a alma do agile ;) hehe

Arquivos para download:

Apresentação
Vídeo Aprendiz
Vídeo Avião construído no ar

Um grande abraço e até mais! :)

-----------------

PS: O video do Aprendiz eu faço upload no dia 14. Ele tem 100mb...

Um comentário:

kleber disse...

boa noite,
poderia postar os links da apresentação novamente?

obrigado.